Trabalho

Policarpo Botas: “Gostava que dessem continuidade à empresa”

Policarpo Costa de Almeida Botas nasceu na Almoinha, freguesia do Castelo, em 1954. O pai tinha a profissão serrador; a mãe trabalhava no campo: no arroz, no trigo, a mondar e a ceifar. Na infância, ainda na escola, com uns 10 anos, já vinha a Sesimbra, ajudar às barcas do aparelho “A gente levava umas selhas de aparelho e depois eles davam um peixe, uma xaputa ou um peixe-espada, a cada moço, os rapazes é…

Ler mais...